O que é Pump and Dump? Descubra tudo sobre esse fraude que acontece no investimento em ações, como nunca cair nela e como virar a armadilha a seu favor.

Você provavelmente já ouviu histórias sobre pessoas que ficaram ricas apostando na bolsa. E, provavelmente, também ouviu falar de pessoas que perderam tudo.

Bom, essa história poderia ter acabado com um final trágico. Felizmente, eu tive o conhecimento e a sorte necessária para transformar R$1.000 em R$15.000 em apenas 3 dias.

E como eu fiz isso? Vou te contar como tudo aconteceu.

Nesse artigo você irá aprender sobre:

  • Apostar na bolsa com alguns centavos;
  • Pump and dump: saiba o que é para nunca cair nessa armadilha;
  • Como virar o jogo.

1 – Apostando na bolsa com alguns centavos

Era uma segunda-feira, eu tinha acabado de voltar de uma viagem e estava um pouco desatualizado quanto aos acontecimentos do mercado.

Decidi entrar no fórum do GuiaInvest para me inteirar sobre o que tinha acontecido enquanto eu estava fora. Lá é um ótimo lugar se você quiser tomar conhecimento de maneira rápida sobre as últimas notícias do mercado.

Enquanto lia os comentários, percebi que as ações da PDGR11 (em breve faremos um artigo explicando de maneira descomplicada e rápida a nomenclatura de ações) estavam nos trending topics do fórum.

Eu nunca tinha ouvido falar desse papel, então fiquei bastante curioso.

O mais bizarro. Esse papel custava apenas R$0,01. Isso mesmo, com apenas 1 centavo você poderia começar a apostar no mercado de ações.

Muitas pessoas acham que é preciso ter muito dinheiro pra investir no mercado de ações. Isso não é verdade, você pode começar a investir até com o dinheiro que economiza no café.

Agora você deve ter parado para pensar:

Por que a ação de uma empresa custa tão pouco?

Há realmente ações que custam muito pouco, podendo ser compradas por menos de R$1,00.

A PDGR11, no entanto, não é exatamente uma ação.

Ela é um derivativo de uma ação, a PDGR3 (referente a PDG, segunda maior empresa do setor imobiliário no Brasil).

“Ai meu deus, derivativo? Isso é muito complicado!”

Calma, gafanhoto. Derivativo é uma das coisas mais simples do mundo -o nome só assusta- e, em breve, lançaremos um excelente artigo explicando em 5 minutos o que é um derivativo.

Tudo que você precisa saber aqui é que derivativos costumam ter um preço MUITO MENOR que o preço da ação (ou do que ele derivar) e são uma ótima opção para quem quer investir com pouco dinheiro.

Como na época a ação da PDGR3 valia cerca de R$3,00, a PDGR11 valia bem menos, podendo ser comprada por apenas R$0,01.

2 – Pump and Dump: saiba o que é para nunca cair nessa armadilha

Bom, voltando a história, enquanto eu navegava pelo fórum, percebi que alguns usuários, aparentemente fakes, tentavam convencer a maioria dos membros de que era a hora exata de comprar PDGR11 e que esse seria um ótimo negócio.

A princípio, me mantive cético e fui pesquisar se havia alguma notícia relevante sobre a construtora PDG.

Nada.

Percebi, então, que aquilo se tratava de uma tentativa de Pump and Dump.

“Mas o que é esse tal de Pump and Dump?”

Todo mundo já teve aquele amigo na escola ou na faculdade que contava certas mentiras para aumentar sua popularidade. Sim, aquele que afirmava ter ficado com a garota mais disputada. Ou ter tirado a maior nota naquela matéria que ninguém consegue mais que 6. E, com essas mentiras, ele conseguia aumentar seu prestígio entre seus amigos.

Porém, como as avós costumam dizer, mentira tem perna curta.

Em um certo momento todos descobrem a verdade e o seu amigo, agora com fama de mentiroso, termina com bem menos prestígio do que ele tinha antes de mentir.

Resumo: Prestígio médio > Mentiras > Prestígio Alto > Descobrem a verdade > Prestígio baixo

O Pump and Dump é exatamente assim.

Ele é uma prática fraudulenta que visa espalhar boatos para inflar o preço de ações ou derivativos.

 Assim, em um curto período de tempo o papel alcança variações gigantescas, valorizando-se rapidamente.

No entanto, essa valorização não possui uma base concreta e rapidamente o preço do papel desaba.

 

Essa prática é dividida em alguns passos:

1º – Os integrantes do grupo escolhem uma ação ou derivativo que possua baixa liquidez e esteja sendo pouco comentado (no ocorrido, os membros optaram pela PDGR11 para realizar a fraude);

2º – Eles, então, adquirem uma boa quantia do papel ainda a preço baixo (no nosso caso, os integrantes compraram a PDGR11 a 0,01 centavo antes de partirem para o próximo passo).

3º –  Em seguida, os integrantes começam a divulgar falsos boatos em fóruns e grupos de discussão, incentivando os membros a comprarem os papéis escolhidos;

4º – Os usuários e leitores, acreditando nos boatos, decidem começar a comprar os papéis. Em consequência do grande número de pessoas tentando comprar e da baixa liquidez, o preço do papel começa a subir muito rapidamente (no nosso caso, o preço chegou a R$ 0,15 em apenas 3 dias, 1500% de valorização!!);

5º –  Lembra dos caras que compraram a PDGR11 a 0,01 e começaram a espalhar os boatos? Então, é nessa hora que eles começam a vender os papéis, afinal, já haviam ganhado R$1500 para cada R$100 investidos;

6º – Devido a essas vendas, os papéis começam a cair rapidamente de preço (5 dias após alcançar R$0,15 a ação já havia caído para R$0,04) e as pessoas que tinham comprado mais caro (quem comprou a R$0,11 por exemplo), assistem todo o seu investimento simplesmente sumir.

3  – Como virar a armadilha a seu favor

Primeiramente, não aconselho ninguém a fazer isso.

Não há garantias de que você conseguirá acertar o timing exato da operação, tornando seu risco altíssimo. E o retorno tão alto quanto, caso dê certo.

Então, se você não está disposto a correr altos riscos, não continue a ler o que vem abaixo. Não é para você.

1º – Observe o volume de negócios

Você pode estar pensando:

“E o que é esse volume de negócios?”

Se você vai no mercado e compra uma caixa de ovos, isso é um negócio, já que tanto você quanto o lojista concordaram (teoricamente) que aquele era um preço justo para a caixa de ovos.

Suponha que mais 100 pessoas comprem ovos naquele mercado todo dia. O seu volume de negócios é, então, 100/dia.

Agora imagine que o mercado faça uma promoção e 400 pessoas comprem ovos nesse dia. O seu volume aumentou consideravelmente, certo?

Troque ovos por ações e você terá o volume de negócios na bolsa de valores.

Como em qualquer bolha de mercado, o pump and dump se inicia com um aumento considerável do volume de negócios.

Ações que possuíam um volume extremamente baixo, agora chamam atenção pelo grande número (relativo ao que era antes) de transações.

Entretanto, chega uma hora que não há mais a quem enganar. Ninguém mais acredita nos boatos e os fraudadores não conseguem fazer com que mais pessoas comprem as ações. O volume cai e o preço estagna. 

Esse foi o caso do pump and dump que ocorreu na Mundial S.A.(MNDL3)

pump and dump

O gráfico inicia-se em 30 de Maio de 2011 e termina em 19 de Julho do mesmo ano.

Na parte de cima, temos o preço das ações. 

As barras debaixo representam o volume de negócios. 

Aquela fina linha azul é a média do volume nos últimos 80 dias. 

Observe como há um aumento do volume no início e posteriormente ele diminui, enquanto o valor da ação continua a subir.

No início, ela estava cotada a R$0,57.

Subitamente, seu preço dispara e em apenas 20 dias ela alcança R$ 7,01. Nada menos que 1130% de valorização.

Este é o gráfico do que acontece com ela nos 3 dias seguintes.

Em apenas 3 dias ela volta para R$0,94 e quem investiu por último perdeu mais de 85% do seu dinheiro.

pump and dump

Observe o volume de negócios. Quando ele começar a cair, saia fora.

2 º – Observe o IFR (Índice de Força Relativa)

O IFR é um ótimo indicador e vai permitir que você ganhe muito dinheiro na bolsa.

Muitas vezes, observar apenas o volume não permite que você identifique o ponto exato para sair do pump and dump.

Esse foi o caso da PDGR11.

pump and dump

Veja que o volume de negócios foi crescente sempre que ação subiu e começou a cair junto com o preço da ação.

Observando apenas ele, você ainda conseguiria algum lucro, saindo assim que ele começou a cair.

No entanto, o IFR alcançou praticamente 100, o que é raríssimo de acontecer.

Normalmente, a ação está excessivamente valorizada (claro, deve-se levar em conta os fundamentos) quando o IFR ultrapassa 80. Imagine a 100.

Não há um momento exato de sair do pump and dump observando apenas o IFR. Ao combinarmos ele ao volume, porém, conseguimos um ótimo timing.

Sendo assim, mesmo que o volume esteja crescente, saia da operação caso o IFR utrapasse a faixa dos 90–95.

Resumo

  • Ações com baixa liquidez e derivativos permitem que você invista na bolsa com apenas alguns centavos
  • Sempre verifique se os boatos são realmente verdadeiros
  • Desconfie de notícias alarmantes
  • Saiba identificar um Pump and Dump para nunca cair nele
  • Nunca use dinheiro que você precisa para tirar proveito de um Pump and Dump. Os retornos são altos, mas o risco também
  • Se você não sabe o que é volume de negócios, irá perder dinheiro
  • O IFR é um dos melhores indicadores técnicos e você precisa saber sobre ele

Não se sente confiante o suficiente para encarar esse tipo de risco?

Calma, jovem.

Fizemos um GUIA COMPLETO sobre como investir em Renda Fixa e garantir até 3x mais rendimento que a poupança sem correr riscos.

Acesse agora mesmo!